2034

Prefeitura Municipal de Planalto

Pular para o conteúdo

Secretaria de Assistência Social e demais setores discutem ações para a Campanha do 18 de maio.

Fonte: ASCOM
20/10/2018 às 17h33

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Na tarde desta segunda-feira (16), a Secretaria de Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS promoveu uma reunião com os membros do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Bolsa Família, Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, Polícia Militar, Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF , Guarda Civil Municipal – GCM, Secretaria de Educação, Secretaria de Assitência Social, Vigilância Socioassistencial e demais representações religiosas para discutirem a respeito da Campanha do 18 de maio que trata sobre o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.