2034

Prefeitura Municipal de Planalto

Pular para o conteúdo

Secretaria de Saúde atendeu cerca de 1200 mulheres no rastreamento do câncer de mama no Município.

Fonte: ASCOM
20/10/2018 às 17h50

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Pensando no bem estar da mulher, a Prefeitura Municipal de Planalto, por meio da Secretaria de Saúde promoveu o mutirão de rastreamento do câncer de mama nos dias 16 a 26 de abril e realizou cerca de 1200 mamografias no Município.

A ação teve como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce deste tipo de câncer e foi voltada apenas para mulheres com idade entre 50 e 69 anos.

A comunidade feminina da sede e dos povoados de Lucaia, Taquaral, entroncamento de Lucaia , Lagoa de Terto, Barriguda, Sentido, Cajazeiras, Mocó, Lagoa do Morro, Lagoa D’anta, Inácio, Parafuso, Duas vendas, Queimadas e Geribá foram beneficiadas nesta ação que possibilitou o rastreamento precoce desse câncer tão comum no Brasil, por isso a importância de descobrir o quanto antes e diminuir a tava de mortalidade.

“Essa iniciativa trouxe muita comodidade para as mulheres realizarem exames próximos de casa, pois a distância muitas vezes é empecilho e dificulta o nosso trabalho de rastreamento. Essa estratégia irá nos auxiliar no diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama. Nos próximos 40 dias já teremos resultados e os encaminhamentos necessários”, disse a Coordenadora da Atenção Básica.

Para Estela Brito, essa ação da Secretaria foi bastante positiva. “Como eu já precisava fazer este exame, a realização dele no nosso próprio Município , sem precisar nos deslocar para outra cidade nos trouxe muita comodidade, além do atendimento nota 10 e nada demorado”, disse.

A Secretária de Saúde, Leila Paula informou que a oferta da mamografia seria para, aproximadamente, 1700 mulheres, porém essa quantidade não foi atingida, pois desde dezembro a Secretaria já estava realizando a marcação de todas as demandas que chegava ao setor. “Estávamos aguardando cerca de 1000 mulheres e, graças a Deus essa marca foi alcançada e todas puderam realizar seus exames. Agora iremos trabalhar com as demandas do centro cirúrgico e faremos um levantamento das necessidades de melhorias nas unidades básicas de saúde. Lembrando que, iremos realizar mini-feiras de saúde em todas a regiões com cobertura das USF’s”, finalizou.